Paixão Assolapada #2

Sam Smith. Quer queiramos quer não todos conhecemos este nome (se não conhecem é porque provavelmente vivem em Marte!). Aos 22 anos já é grande no mundo da música. Aos poucos está-se a tornar gigante! É um dos artistas mais aclamados da atualidade. Não é para menos. Para o provar isso mesmo conta  com quatro Grammys e dois Brit Awards. O disco de estreia, In The Lonely Hour, entrou diretamente para o nº1 do Top Britânco e para nº 2 da Billboard. (Espantoso no mínimo!)

Não é o típico cantor pop "lindo de morrer", mas faz parar multidões, faz derreter corações. Emociona. Cativa. 

Apaixono-me a cada música. A cada palavra. A cada melodia. A cada harmonia. A cada silêncio. Não há como não gostar. Estou apaixonada. Há quem diga que os bons homens ou têm namorada ou são homossexuais. Cada vez acredito mais nisso. Ai se pudesse casava-me já! Era só ele dizer sim...

Dia 11de julho todos os caminhos vão dar ao NOS Alive. Der por onde der. Se não for acho que me dá uma coisinha má.

A música que vos deixo acompanha-me há duas semanas. Ouço-a todos dias (às vezes mais do que uma vez). É de uma simplicidade e de uma beleza únicas. E a mensagem... palavras para quê. Basta ouvir. Está tudo dito.