Um GOMO de frescura

Quando entrei no GOMO vieram-me à memória recordações de infância. A entrada, a forma como tinham a fruta disposta, fez-me lembrar uma mereceria que existia na minha cidade natal (e que acho que ainda existe) que também tinha a fruta sempre à entrada. Fresca, aromática, colorida.  O espaço é muito engraçado e acolhedor. Logo à partida já me tinham encantado. Um ponto. Os produtos tinham um aspeto super fresco e natural. Já soma dois pontos.





































Difícil foi escolher o que comer. Entre saladas, hambúrgueres, wraps, massas e sopas. Ahhh, e depois os sumos naturais e o açaí (aí o açaí!). Três pontos.

Somem mais um (e já vamos em quatro) ao atendimento. Empregadas atenciosas, sempre com um sorriso na cara.










Depois de ver e rever a ementa uma dúzia de vezes lá me decidi. Pedi um sumo natural de laranja e pêra, uma sopa de abóbora e gengibre e um Hambúrguer Vita. E o que é um Hambúrguer Vita perguntam vocês. É um hambúrguer de frango grelhado em bolo do caco. Extras? Beringela, rúcula e agrião! Fez as minhas delícias. Vinha acompanhado por umas batatas com um aspeto delicioso (eu não as comi porque neste momento estou num regime alimentar no qual as batatas estão proibidas).
















































Chamo ao GOMO "Santuário" da comida saudável. Porque na verdade é isso mesmo que é. Servir comida saudável e cheia de sabor é uma arte. E no GOMO são uns autênticos artistas!













Este santuário fica na Avenida Duque D'avila, em Lisboa. Healthy Eaters (e os outros eaters também) toca a fazer uma visita ao GOMO, prometo que não se vão arrepender! Eu faço tensões de lá voltar rapidamente. Há imensas coisas que não provei (ainda) e que tenho mesmo de ir provar!

Fica a dica! Beijinho enorme *